Cadeirinha de Bebê Inflável para Carros

Com o objetivo de facilitar o transporte e o manuseio das cadeiras infantis para carros, a Volvo está desenvolvendo um novo conceito de assento para bebês e crianças. Trata-se de um modelo inflável e mais leve, que pode ser transportado até em uma mochila, diz a marca sueca.

Cadeirinha de Bebê Inflável para Carros

O protótipo conta com uma tecnologia de bombeamento de ar que infla a cadeirinha em menos de 40 segundos e a desinfla usando uma bomba integrada. O peso total do assento é de 5 kg, metade do peso de um assento convencional, e ele fica conectado via Bluetooth, permitindo funções como o enchimento remoto, detalha a Volvo.

Além disso, é feito com um tecido chamado “drop-stich”, material resistente que pode suportar alta pressão interna. A cadeirinha foi criada por Lawrence Abele, gerente de design do Volvo Monitoring and Concept Center em Los Angeles e pai de dois filhos.

“Para mim, a segurança das crianças sempre é a prioridade. Quando morávamos no exterior com duas crianças tivemos de transportar cadeiras volumosas por aeroportos e em táxis. Para muitos, viajar com crianças é um desafio. Qualquer ajuda para simplificar a vida dos pais com crianças pequenas é uma grande coisa”, afirma.

Vejam abaixo um vídeo com mais detalhes.

E você o que achou da idéia?

Número de Visualizações: 19

Dicas da Zazou sobre a Moda Gestante Festa

Com a chegada do frio, e o mês das noivas em maio, a procura por vestidos de festa para gestante aumenta bastante. Por isto gostaríamos de dar algumas dicas legais e práticas para quem esta procurando moda gestante de festa.

1) Qual deve ser a prioridade da grávida na hora de escolher um vestido de festa?

Conforto sem sombra de duvida, e também um modelo adequado ao horário da festa. Por exemplo se for de dia, ela pode usar um vestido curto rendado, mas se for a noite, e o evento pedir, a gravida pode usar um longo de Musseline.
Dicas da Zazou sobre a Moda Gestante Festa


2) Existem modelagens mais ou menos indicadas de acordo com cada fase da gravidez? Quais são?

Não existe isto, pois a modelagem especializada própria para grávidas é uma só, independente do tamanho de sua barriga.

Porém o que vai ser levado em conta é o tamanho que a gravida usava antes da gestação, e como esta a evolução de seu peso durante a sua gravidez. Se ela está engordando mais ou menos 1 quilo por mês, e de 9 a 12 quilos até o final da gestação, que é o padrão, ela continuará usando na Zazou, o mesmo tamanho que usava antes, mais se a gravida está engordando um pouco mais, o que acontece bastante, ela usará um tamanha, ou até 2, acima do seu antes de ficar grávida.

3) O corpo da mulher muda muita na gravidez. É recomendável ela procurar o vestido apenas mais perto do evento, para evitar que ele fique apertado ou não entre? Ou é possível ela garantir o modelo com mais antecedência?

Nós na Zazou sempre pedimos para a gravida nos procurar com pelo menos 20 dias de antecedência para poder se fazer os ajustes necessários sem pressa (e sem custos extras), marcados no seu corpo por nossa costureira especializada de plantão, assim como procurar com calma os acessórios que combinem com a roupa, além de essencial comprar um sapato que combine e seja bem confortável (caso ela não tenha), e inclusive levar o mesmo para fazer barra no tamanho correto no vestido escolhido. e assim aumentam as chances de que a roupa fique ótima no dia, com caimento perfeito e confortável, para que ela aproveite bastante a festa e faça o maior sucesso! Mas já tivemos sim outras gravida que compram mais em cima da hora da festa, com 1 semana, e no final deu tudo certo!
Dicas da Zazou sobre a Moda Gestante Festa


4) Existem tecidos que favoreçam mais a silhueta das grávidas?

Os tecidos que possuem elastano, ou torção na trama são mais confortáveis, e se ajustam melhor ao corpo das grávidas. Hoje o mercado já oferece vários tecidos para festas com estes benefícios, e que sempre usamos em nossas roupas. Existem cetins, chiffons e até rendas com fios modernos que se moldam melhor ao corpo da grávida. Importante que o vestido mostre bem que ela esta grávida, e não apenas mais gordinha.

5) Há algum cuidado especial que as grávidas devam ter quando optam por usar decotes, fendas, transparências e/ou brilhos em um look de festa?

As grávidas ficam muito bem com decotes, pois os seios aumentam de tamanho, e elas ficam bem bonitas, pois tira ate um pouco o foco da barriga. Mais cuidado no tamanho do decote para não ficar vulgar! Os modelos com cortes impérios também são bem apropriados, pois moldam o corpo da gestante e fazem uma clara divisão entre os seios e a barriga. Fendas não sendo muito ousadas ficam elegantes, mas já as transparência é mais complicado, eu não aconselhamos. Já os brilhos em algum detalhe caem muito bem!

6) E com os vestidos curtos, há necessidade de algum cuidado especial? Há algum comprimento que favoreça mais a silhueta nessa fase?

Sempre indicamos os vestidos acima do joelho, agora se a gravida e mais ousada e moderna e esta com o corpo magro pode usar um pouco mais curto.
Dicas da Zazou sobre a Moda Gestante Festa


Espero que tenham gostado das dicas, e que venham até uma das lojas da Zazou em São Paulo (Moema | 11-3846-6511) e Rio de Janeiro (Ipanema | 21-2247-4645), experimentar algum dos vestidos que temos dentro da nossa linha de festa, e conferir pessoalmente todas estas dicas acima.

Vejam mais fotos de outros modelos desta nossa linha de vestidos de festa para gestantes em:

http://festa.zazou.com.br
Número de Visualizações: 33

Video = Dicas de Maquiagem duranre a Gravidez

Vejam no video abaixo o maquiador Marcos Costa ensinando alguns cuidados de maquiagem para mulheres grávidas.
Número de Visualizações: 25

53% das mulheres engravidam após os 30 anos

A Orizon, que trabalha no segmento de serviços para os segmentos de saúde, seguros e benefícios, acaba de concluir um estudo com 38.524 gestantes, que tiveram filhos ao longo do ano passado. Pelo estudo de economia em saúde, 23,5% das gestantes estão acima dos 35 anos, 32% entre 30 e 34 anos, 41,5% entre 20 e 29 anos e apenas 3% abaixo dos 19 anos.

Segundo o trabalho, as cesarianas (89%) são muito mais frequentes do que os partos normais (11%), mas a incidência do parto natural é mais prevalente na faixa etária entre 20 e 29 anos com 44% do total, entre 30 e 34 anos é de 31% e acima dos 35 anos de 22%. Já no caso das cesarianas, as porcentagens ficam um pouco mais próximas: 39%, entre 20 e 29 anos, 33% entre 30 e 34 anos e 25% acima dos 35 anos.

Segundo estudo do Hospital das Clínicas de São Paulo, na década de 70, apenas 5,5% das gestantes tinham acima dos 35 anos. Para médicos ginecologistas e obstetras o ideal, do ponto de vista anatômico e funcional e da fisiologia do aparelho reprodutor feminino, é uma gravidez entre os 20 e 29 anos. A partir dos 35 anos já representa uma gestação de alto risco, com maior possibilidade de ter um filho com Síndrome de Down, maior incidência de hipertensão e diabetes, além de outras doenças pré-existentes.

O estudo constata uma mudança de comportamento da mulher nos últimos 40 anos que, ao conquistar espaço no mercado de trabalho, passou a adiar a gravidez. Para gerentes de RH, administradores de carteiras de saúde, é um dado essencial para o planejamento, ações de prevenção e orientações de cuidados que a mulher deve ter ao optar pela gravidez mais tardia.

Algo que temos acompanhado esta clara mudança na idade média das clientes na loja da Zazou ao longo destes últimos 13 anos, desde 2001, quando temos uma estatística da idade média, crescente partindo de uma média de 27 anos em 2001, para mais de 34 de média agora em 2014. E é para esta cliente é que fazemos nossas roupas.
Número de Visualizações: 29

Exercício na gravidez?

Praticar exercício físico durante a gravidez aumenta os níveis de energia, previne o excesso de peso e diminui o risco de diabetes gestacional, entre outras vantagens.

Se está grávida, talvez esteja a pensar que praticar exercício físico é a última coisa que lhe apetece: sente-se cansada, pesada e sem energia. Porém, os benefícios da atividade física durante os meses da gravidez são muitos e vale a pena o esforço inicial. Garantimos-lhe.

O primeiro passo é consultar o seu Obstetra que, tendo em conta a sua história clínica e a eventual existência de complicações como, por exemplo, diabetes que não esteja controlada, pressão arterial elevada, doenças cardiovasculares ou placenta prévia (inserida perto do colo uterino), entre outras, avalia se a prática de exercício físico é segura para a grávida e para o bebé.

Caminhar, nadar, pedalar numa bicicleta estática, fazer step ou praticar remo são boas opções. Pelo contrário, desportos radicais ou de contacto, mergulho, equitação ou exercícios que impliquem posições que pressionem a zona abdominal são desaconselhados.

Se não pratica exercício físico há algum tempo, a futura mãe deve começar por apenas cinco minutos no primeiro dia e ir aumentando o tempo gradualmente nos dias seguintes até alcançar os 30 minutos diários. Antes de treinar, faça 5 minutos de aquecimento e 5 minutos de alongamentos. Repita os alongamentos no final.

10 conselhos essenciais para as grávidas:

1. A grávida deve usar vestuário prático e largo.

2. É importante escolher um soutien que assegure o suporte adequado do peito.

3. Utilize calçado adequado ao tipo de desporto que está a praticar, para evitar lesões.

4. Se vai caminhar, opte por fazê-lo num terreno plano.

5. Após fazer exercícios, sentada ou deitada, levante-se devagar para evitar tonturas.

6. Aconselhe-se com o seu Obstetra em relação ao número diário de calorias que deverá ingerir diariamente.

7. Informe-se também junto do médico em relação ao que deve comer antes e depois de praticar exercício físico.

8. Não coma nos 60 minutos que antecedem a atividade física.

9. Assegure a ingestão suficiente de líquidos antes, durante e depois do exercício físico, para que o organismo se mantenha hidratado.

10. Tenha cuidado com o ritmo. Faça este teste: se não for capaz conversar normalmente enquanto está a praticar exercício físico é sinal que deve abrandar.

Atenção! Se sentir algum desconforto/dor pare. Se não passar, é conveniente consultar o seu Obstetra logo que possível.
Número de Visualizações: 31

Alimentação correta durante a gravidez

Todo cuidado é pouco quando se trata de gravidez, principalmente quando o assunto é alimentação. Durante a gestação o importante não é comer por dois, como a maioria diz, e sim manter uma alimentação saudável e equilibrada.

A nutricionista do Hospital Daher, Gianna Rosa, tirou algumas dúvidas sobre os cuidados necessários para uma boa alimentação no período gestacional. Ela afirma que durante este período é essencial o consumo de todos os tipos de macronutrientes de boa qualidade, são eles:

1) Carboidratos – preferencialmente os integrais, como pães e massas;

2) Proteínas – de preferência carnes brancas, leites e derivados desnatados;

3) Lipídeos – ricos em ômega 3 e 6; e Micronutrientes – vitaminas, minerais presentes nas frutas, legumes e verduras.

4) É recomendado que gestantes evitem o consumo de doces, carboidratos refinados e gorduras saturadas.

É normal que durante a gravidez a mulher sinta fome a toda hora, e por isso acabam comendo mais do que o necessário. Por outro lado, há um grupo de mulheres que por medo de adquirir quilos a mais faz inúmeras dietas e diminui as principais refeições, o que acaba prejudicando a saúde do bebê e da mãe. A gestante deve se alimentar de forma saudável de três em três horas e em pequenas porções, e não é necessário comer sempre que sinta fome, pois esta necessidade por vezes pode ser apenas gula. É preciso saber distinguir cada necessidade e desejo.
“Não é recomendado um grande consumo de produtos lights, diante dos cuidados com o peso, e sim a ingestão de alimentos saudáveis, ricos em fibras, vitaminas e minerais. Também é recomendado evitar ao máximo o consumo de alimentos industrializados”, alerta Gianna Rosa.


Existem algumas dúvidas que rondam a vida alimentar das gestantes, e uma das principais é o consumo de alimentos crus, como comida japonesa. Durante o preparo deste tipo de alimento, o pescado pode ser manuseado por pessoas que não tenham lavado adequadamente as mãos, sem falar em possíveis problemas com a assepsia do restaurante. Como o calor mata a maioria dos germes, o mais indicado é consumir apenas alimentos cozidos. De acordo com Gianna Rosa, o consumo de alimentos crus não prejudica a saúde, o que deve ser observado é a procedência do alimento, e principalmente se está fresco para consumo.

A nutricionista do Hospital Daher, Gianna Rosa, preparou abaixo um cardápio com uma refeição diária ideal para a saúde tanto da gestante, quanto da criança. O cardápio depende de vários fatores, como atividade física, presença de patologias associadas, carência de micronutrientes, estado nutricional e restrições alimentares. Levando em consideração esses fatores, o consumo considerável é:

• Desjejum:

1 fonte de CHO (carboidratos): pão integral, bolo sem caldas e/ou recheios, tapioca ou cuscuz; 1 a 2 fontes de proteína: leite, queijo, etc.;
1 fonte de cereal: granola ou aveia;
1 fruta.

• Colação (lanche da manhã):

1 fruta ou 1 fonte de CHO, vai depender da atividade física.

• Almoço:

2 a 4 fontes de verduras e legumes: salada e guarnição;
1 fonte de CHO: arroz, de preferência integral;
1 fonte de leguminosas: feijão;
1 fonte de proteína: carne branca.

Importante: evitar o consumo de bebidas durante as refeições, principalmente refrigerantes e sucos em pó.

• Lanche da tarde:

1 fonte de CHO: pão integral, bolo sem caldas e/ou recheios, tapioca ou cuscuz;
1 a 2 fontes de proteína: leite, queijo, etc.

• Jantar:

2 a 4 fontes de verduras e legumes: salada, guarnição;
1 fonte de CHO: arroz, de preferência o integral;
1 fonte de leguminosas: feijão;
1 fonte de proteína: carne branca.
Número de Visualizações: 52

Sugestão de Look Descontraído e Chique da Zazou pela Natalia da @belasmaes para o Final de Semana

Trago hoje como sugestão de look descontraído mais chique que a Natalia do Insta @belasmaes, para usar no final de semana, ou mesmo no feriado prolongado da Páscoa, que vem por ai, e que ela mostrou recentemente no seu insta, e tomamos a liberdade de reproduzir, com esta nossa blusa branca da coleção de outono 2014 da Zazou, com uma bermuda jeans.
Sugestão de Look Descontraído e Chique da Zazou pela Natalia da @belasmaes para o Final de Semana


Ficou linda e caiu muito bem com o estilo atual e antenado dela, não?
Número de Visualizações: 45

Video = Dicas de Decoração do Quarto do Bebê

Já sabe como vai decorar o quarto do seu bebê?

Vejam no vídeo abaixo algumas dicas da decoração de quarto de bebê com uma especialista, que por sinal esta grávida também, e mostrou o que ela preparou para o seu próprio bebê.


E o que você achou deste quartinho? O que mais gostou?
Número de Visualizações: 51

Consumo de álcool na gestação

Chegando o final de semana e os programas sociais, logo vem a tentação de beber durante a gravidez, mas queremos fazer um alerta de que segundo a Sociedade de Pediatria de São Paulo, o consumo de álcool em excesso na gestação é a principal causa não hereditária de retardo mental. A exposição pré-natal a qualquer tipo e quantidade de bebida alcoólica pode acarretar problemas graves ao bebê, até mesmo surgir tardiamente e ainda se perpetuar na fase adulta.

A SAF (Síndrome Alcoólica Fetal) apresenta diversas manifestações, desde alterações comportamentais até malformações congênitas neurológicas, cardíacas e renais. Contabiliza, no mundo, de 1 a 3 casos por 1.000 nascidos vivos. Segundo Conceição Aparecida de Mattos Segre, coordenadora do Grupo de prevenção dos efeitos do álcool na gestante, no feto e no recém-nascido da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), no Brasil não há dados oficiais no país sobre a afecção.

Importante ressaltar que o melhor caminho é a prevenção. Não há nenhuma comprovação de uma quantidade segura de bebida alcoólica que proteja a criança de risco. Neste caso, a gestante ou a mulher que pretende engravidar deve optar por tolerância zero à bebida alcoólica.

O conjunto de efeitos decorrentes do consumo de álcool, em qualquer dosagem ou período da gravidez, é chamado de “espectro de distúrbios fetais relacionados ao álcool”, que inclui a SAF.

A frequência dessas implicações varia conforme etnia, genética e até mesmo a quantidade ingerida. Isso não significa que todos os bebês expostos serão afetados, mas a probabilidade é alta.

Bebês com SAF têm alterações bastante características na face, as chamadas dismorfias faciais. Além disso, faz parte do quadro o baixo peso ao nascer devido à restrição de crescimento intrauterino e o comprometimento do sistema nervoso central. Essas são as características básicas para o diagnóstico no período neonatal.

No decorrer do desenvolvimento infantil, o dismorfismo facial atenua-se, o que dificulta o diagnóstico tardio. Permanece o retardo mental (QI médio varia de 60 a 70), problemas motores, de aprendizagem (principalmente matemática), memória falha, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, entre outros.

Os adultos demonstram problemas de saúde mental em 95% dos casos, como pendências com a lei (60%); comportamento sexual inadequado (52%) e dificuldades com o emprego (70%).

Em São Paulo, o Grupo da SPSP, coordenado por Conceição, cria ações para conscientizar os pediatras, com distribuição de material em eventos científicos, publicações disponíveis na internet aos associados da SPSP e cursos voltados para equipes multidisciplinares de capacitação para reconhecimento e condutas nesses casos.

Nos Estados Unidos e Canadá, existe um teste que identifica produtos do álcool no mecônio ou cabelo do recém-nascido. É uma técnica de alto custo, que ainda não está disponível no Brasil.

Sabemos que o diagnóstico precoce da doença melhora os resultados obtidos por meio de tratamento multidisciplinar ainda na primeira infância. Vale lembrar que os efeitos do álcool ocasionados pela ingestão materna de bebidas alcoólicas durante a gestação não têm cura, por isso vale a máxima, o quanto antes parar, melhor para a gestante e para o bebê.

Sabe o que mais?

O consumo de álcool durante a gestação pode potencializar as estrias, já que a bebida é altamente calórica!
Número de Visualizações: 55

Listas e Jeans Flare na Coleção de Outono 2014 da Zazou

Trago hoje algumas das tendências que vão encontrar na coleção de moda gestante de outono 2014 da Zazou, que são as listas e os jeans com modelagem flare (bootcut), com este look em foto da Carla Zigon, tirada dentro do próprio provador da loja da Zazou, que a Natália da instagram @belasmaes, grávida de 8 meses, conferiu e escolheu pessoalmente nas araras da loja da Zazou em São Paulo (Av. Juriti 433 em Moema | 11-3846-6511).
Listas e Jeans Flare na Coleção de Outono 2014 da Zazou


O que achou do look?
Número de Visualizações: 74

Video = Descrição de exercícios básicos para melhor qualidade de vida das gestantes

Trago um vídeo abaixo com descrição prática de exercícios básicos para melhor qualidade de vida das gestantes com uma especialista.
Número de Visualizações: 41

Estrias na gravidez são comuns, mas há como amenizá-las?

O aparecimento de estrias na gestação é comum, justamente pelas mudanças que o corpo sofre, como o estiramento da pele e as alterações hormonais. Mas elas se acentuam mesmo no último trimestre.

Mais uma vez pedimos ajuda ao Dr. Gustavo Corrêa, que é dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que nos contou de que normalmente elas aprecem onde a pele da gestante está mais sujeita e ser expandida como o ganho de peso, como mamas, barriga e coxas.

Com o estiramento além do que a nossa pele suporta, ocorrem lesões nas fibras do tecido, gerando a estria. Mas além do estiramento da pele gerado pela gestação, fatores hereditários também contribuem para o aparecimento das estrias.

Então, vamos lá: as causas são várias, estiramento da pele com ganho de peso, variações hormonais, que tornam as fibras da pele mais sensíveis, idade da gestante. Certamente aqui você deve ter pensado que as mais jovens têm menos propensão a ter estrias. Errado. Gestantes mais jovens, até 25 anos, têm a pele mais firme, portanto a chance de rompimento das fibras cutâneas é maior.

A primeira gestão também é a maior vilã das estrias, pois é quando ocorre o primeiro estiramento da pele.

Corrêa explica que quanto mais pesado for o feto, maior será o estiramento da pele para que a barriga da mãe possa sustentá-lo. O ganho de peso exagerado na gravidez também aumenta as chances de a gestante ganhar estrias.

E como lutar contra elas? Bem, durante a gestação, além de atividades físicas orientadas, a hidratação da pele é fundamental.

Massagear a pele com cremes que possuam dexpantenol e centella asiática, que ajudam na redução de estrias e estimulam a produção de colágeno, glicerina e lipídeos cutâneos.
Número de Visualizações: 54

Cor Preferida de Roupa das Grávidas

Sabem qual é a cor preferida de roupa das grávidas?

Esta é simples de responder: a cor preta!

Pelo menos esta é a cor das roupas que mais vendemos nas lojas da Zazou, ainda mais agora que o outono começou, e o inverno vem por ai, e os tons mais escuros viram uma das tendências da estação, e a preferida de grávidas estilosas como a Natalia do instagram @belasmaes, que possou para estas fotos abaixo da Carla Zigon, quando esteve na loja há alguns dias, com este vestido preto da atual coleção da Zazou.
Cor Preferida de Roupa das Grávidas


Ficou linda e caiu muito bem com o estilo dela, não?
Número de Visualizações: 58

Video = Direitos da Gestante no Trabalho

Vejam no vídeo abaixo, o quadro OAB Cidadania do Leia Notícias TV, exibido pela TV Apha de Botucatu, a advogada Dra. Bárbara Batista falou sobre o direito das gestantes no trabalho, explicando cada uma das principais dúvidas normais entre as grávidas.
Número de Visualizações: 50

Previna-se contra as manchas na pele antes e depois da gravidez

Durante a gestação, o corpo da mulher sofre um turbilhão de mudanças, inclusive hormonais. Uma delas é o aumento da liberação de melanina no organismo, o que, muitas vezes, gera ou aumenta as manchas na pele da gestante. Pedimos ajuda de um especialista, que foi o Dr. Gustavo Pinto Corrêa, que é conhecido dermatologista da Sociedade Brasileira.

Ele começou nos contando de que é muito importante que todas as grávidas tomem por hábito usar protetor solar no rosto, na barriga, no corpo todo. O protetor ajuda muito na proteção contra as manchas.

Mas atenção! O Melasma, como são chamadas essas temidas manchas escuras no rosto, têmporas, testa, é hereditário e piora na gravidez, justamente quando ocorrem tantas variações hormonais no corpo feminino. Outra causa importante para o aparecimento dessas manchas é o uso de anticoncepcional.

Por isso, vale a pena ver se há casos na família e reforçar o tratamento contra elas com orientação médica.

O uso de protetor e chapéu é recomendado, além de evitar exposição ao sol entre 10h e 16h. O protetor deve ser aplicado diariamente, não apenas quando a gestante estiver na praia ou na piscina, e reaplicado mais de uma vez se a exposição ao sol for grande.

Agora, se as manchas aparecerem, procure um dermatologista. Há vários cremes que podem ser utilizados na guerra contra as manchas, mas é imprescindível que o acompanhamento seja feito por um dermatologista, pois, assim como alguns suavizam as manchas, outros podem piorá-las.
Número de Visualizações: 60

Kit da Zazou com 4 Peças Básicas que todas as Grávidas deveriam ter no Armário

A Zazou adaptou uma idéia americana para a realidade, desejo e corpo da grávida brasileira com um Kit que é vendido juntos em um saquinho com 4 peças básicas em malha que toda gestante deveria ter no armário, para que combinadas com outras que já tinha no armário, e seus assessórios, bijus e bolsas, permite montar looks diferentes a cada dia, mas sempre usando a mesma base do Kit.

Foi o que a Natália Demian da @belasmaes foi conferir pessoalmente na loja da Zazou em Moema (av. Juriti, 433 | 11-3846-6511), e foi fotografada pela Carla Zigon segurando o saquinho que vem o kit da Zazou.
Kit da Zazou com 4 Peças Básicas que todas as Grávidas deveriam ter no Armário


O Kit é composta de: uma blusa branca, uma bata de alcinha preta, uma leging preta e uma faixa abdominal preta, todas no saquinho feitas com uma malha de qualidade, seja no tecido, no aviamento e na costura, para aguentar o uso intenso, com muitas lavagens durante toda a gravidez, sem que fique logo com cara feia, desbotada ou cheia de bolinhas.

Além da qualidade, outro diferencial importante do Kit, esta na modelagem especializada própria da Zazou, pensada e feita para as necessidades do corpo da grávida brasileira, para que tenha assim um perfeito caimento, e principalmente mais conforto. Quem experimenta adora a idéia e sua execução.

E tudo isto por um preço bem acessível...

Conheça mais alguns dos looks de inverno que montamos usando como base as peças do Kit da Zazou em:

http://kit.zazou.com.br
Número de Visualizações: 118

Video = Grávidas de Primeira Viagem

Vejam abaixo um vídeo da série 'Primeira Viagem' da EPTV que mostra várias curiosidades e informações úteis sobre a gravidez, com a participação de vários especialistas.
Número de Visualizações: 71

Fisiculturista malha pesado durante gravidez

Vejam só o caso da Lea-Ann Elison de 35 anos, que não deixou de malhar pesado durante a sua gravidez!

A atleta continuou normalmente sua rotina de exercícios físicos no decorrer de sua gestação, o que muita gente reprovou, é o que afirma Elison. Conforme a mãe, muitas pessoas diziam que iria perder o bebê por conta dos exercícios, que era loucura, e até foi chamada de egoísta por não se dedicar exclusivamente à gestação. Mesmo com a aversão das pessoas próximas ao seu convívio, Lea desafiou todos e fez questão de publicar sua rotina nas redes sociais, o que de fato causou maior repercussão negativa em relação a sua atitude.
Fisiculturista malha pesado durante gravidez


Sua rotina de treinos pesado foi rotina durante todo período gestacional. Malhação pesada, atividades aeróbicas e levantamento de peso. Além de práticas de esportes fora do ambiente da academia, como o stand up paddle, que se trata de um esporte praticado com uma prancha e um remo, modalidade que tornou-se popular nos últimos anos.

Após os nove meses o neném nasceu saudável e a mãe continuou sarada. O principal objetivo da atleta foi demonstrar aos que pensavam o contrário, que os exercícios físicos são saudáveis a qualquer momento, mesmo no decorrer de uma gestação.

E você o que acha de casos como este?
Número de Visualizações: 72

Um Pouco de Cor para Começar a Semana

Gostaria de trazer um pouco de cor para começar nossa semana, com este look que a charmosa Natalia Demian do insta @belasmaes, que esta grávida de 8 meses, e ela mesmo escolheu para usar das araras da loja da Zazou em Moema (Av. Juriti, 433 | 11-3846-6511), para ser fotografada pela Carla Zigon com este vestido azul da atual coleção da Zazou (disponível por sinal também em outras cores).
Um Pouco de Cor para Começar a Semana com vestido azul usado pela Natalia Demian do insta @belasmaes grávida


E você que cor mais gosta de usar durante sua gravidez? Gosta de usar cores mais fortes ou mais básicas e neutras?
Número de Visualizações: 51

Video = Terceiro Trimestre da Gravidez

A gestação é uma fase especial na vida da mulher, mas esta experiência vem também acompanhada por medos, frustrações e questionamentos. Pensando em aliviar os problemas ligados à gestação, o grupo Ninho surgiu para amparar as gestantes em um pré-natal emocional. Acompanhe no vídeo abaixo o terceiro episódio desta web-série!
Número de Visualizações: 65

Narrar a Chegada da Filha Através das Redes Sociais

O nascimento de um filho é um momento especial, sempre compartilhado com amigos e familiares. Mas a Claire Díaz-Ortiz (@Claire), funcionária do Twitter, foi além e narrou a chegada de sua filha Lucía Paz Díaz Ortiz (que até já tem conta na rede social como @lucia) para seus 332 mil seguidores na rede social.

A primeira mensagem, com a hastag #inlabor, foi postada por volta das 7h deste sábado, pelo horário de Brasília, dizendo:
“Então isso é uma contração #inlabor”.


A partir daí, Claire narrou os acontecimentos do dia, um dos mais importantes de sua vida. E no começo dessa aventura, contratempos: “O carro esquentando demais? Parando no posto”, escreveu. “O carro quebrou. Parada na estrada. Preciso de um táxi”.

Após encontrar um táxi, Claire, com o marido, conseguiu chegar ao hospital e continuou postando mensagens na rede social. Não detalhes do parto em si, mas de situações, como o ukulele, que é um instrumento havaiano de cordas parecido com um pequeno violão, esquecido dentro do carro quebrado na estrada. Até que:
Welcome to the world Lucía Paz Díaz-Ortiz! And to Twitter, @lucia;) We love you! #inlabor pic.twitter.com/GD2lhO1BzO


Claro que a primeira foto veio logo em seguida:


As mensagens de carinho, apoio e congratulações começaram a chegar de todas as partes do mundo. Kirstine Stewart, diretora do Twitter no Canadá, usou a rede social para dar os parabéns à nova mãe.
“Seja bem-vinda a filha da @claire, que já é uma #womanofTwitter”, escreveu.


Mundo moderno e digital este em que vivemos!

E você teria coragem de seguir os mesmos passos e fazer algo parecido? Compartilha sua gravidez nas redes sociais?

Aproveito para convida-las para seguir a Zazou nas redes sociais como: twitter (twitter.zazou.com.br), facebook (facebook.zazou.com.br) e instagram (instagram.zazou.com.br), em que compartilhamos dicas e informações úteis sobre a gestação para as grávidas antenadas.
Número de Visualizações: 56

Vestido Palmeira da Coleção de Outono 2014 da Zazou

Queria trazer uma das novidades da coleção de outono 2014, que acaba de chegar nas lojas de Moda Gestante da Zazou em Sâo Paulo (Moema | 11-3846-6511) e Rio de Janeiro (Ipanema | 21-2247-4645), ou pela loja virtual e telefone com entrega por Sedex em qualquer cidade do Brasil.

Para isto, ninguém melhor do que nossas próprias clientes antenadas como a Natalia Damian, que anda bombando no Instagram @belasmaes, com mais de 15 mil seguidoras, que grávida de 33 semanas de sua primeira filha, esteve conferindo pessoalmente as novidades da coleção de outono 2014, como este vestido bem chique com estampa de palmeira, que ela escolheu nas araras, e esta vestindo nesta foto abaixo da Carla Zigon, e que anda fazendo o maior sucesso...
Natalia Demian do Instagram @belasmaes com Vestido Palmeira da Coleção de Outono 2014 da Zazou


Ficou linda e bem chique, não?

Faça como ela e venha também conferir e experimentar pessoalmente no seu corpo esta e tantas outras opções nas mais diversas linhas da Zazou, que vão de roupas básicas para um final de semana, passando pelo social e trabalho para sair, e até uma linha de vestidos de festa para eventos mais formais e chiques. Variedade de opções é o que não falta, assim como uma maior qualidade e melhor modelagem especializada própria.
Número de Visualizações: 105

Gestantes se comunicam com ginecologista por aplicativo

Vejam neste vídeo abaixo que as gestantes se comunicam com ginecologista por aplicativo e um grupo para troca de informações.


O que acham da idéia?
Número de Visualizações: 70

Confira alguns mitos e verdades sobre tinturas durante a gravidez

O uso de máscaras, tinturas ou qualquer outro tipo de produto químico capilar durante a gestação gera uma série de dúvidas entre as futuras mamães e os profissionais da saúde. O dermatologista do Hospital Federal de Bonsucesso, Paulo Cotrim, esclareceu alguns mitos e verdades sobre o tema.

1) Amônia ou metais pesados não são recomendados durante a gestação?

Verdade.
"Apesar de não existirem estudos conclusivos sobre o assunto, a utilização desses produtos não é recomendada durante a fase gestacional. Isso porque o contato dessas substâncias químicas com o couro cabeludo pode fazer com que elas sejam absorvidas e levadas à circulação sanguínea da mãe e, assim, serem tóxicas e prejudicais ao feto", afirma Cotrim.


2) As tinturas sem amônia podem ser usadas durante a gestação?

Meia verdade.
"Para as mulheres que pintam o cabelo regulamente, uma das opções são as tinturas sem amônia, xampus tonalizastes e hennas naturais, por exemplo. Mesmo assim, é recomendado que a gestante evite tingir os cabelos antes das 14ª ou 16ª semana de gestação, quando o feto ainda está em formação. Vale ressaltar que, por ser um assunto controverso, o mais importante é consultar seu médico antes de usar qualquer produto."


3) Permanentes e alisamentos podem trazer riscos à saúde do bebê?

Verdade.
"Permanente, hidróxido de potássio, alisamentos, químicas e tratamentos à base de formol devem ser evitados pelas gestantes. O formol, por exemplo, é altamente tóxico, além de ser uma química cancerígena. Essa substância pode atrapalhar o desenvolvimento do bebê causando má formação, baixa de peso, entre outras anomalias"


4) Quando a grávida faz tratamentos estéticos nos cabelos, traz riscos não só para o feto, mas para ela mesma?

Meia verdade.
"O risco não é comprovado, não existe nenhum estudo oficial sobre o tema, mas as grávidas não devem arriscar".


5) Tinturas não têm níveis de substâncias químicas capazes de prejudicar a saúde do bebê?

Verdade.
"Não existe nenhuma comprovação científica que condene o uso de tintura durante a gravidez. As pinturas não oferecem risco à saúde do bebê pelo fato de não apresentar níveis significativos de substâncias químicas que possam levar à má formação da criança. Para garantir a segurança da mãe e do bebê, todos os produtos escolhidos pela gestante devem ser liberados pelo médico".


6) Durante a amamentação, a mulher pode pintar o cabelo, alisar e fazer outros tratamentos?

Meia verdade.
"Durante a fase da amamentação, a utilização desses produtos é visto com menos alarde pelos médicos. Entretanto, eles não podem conter amônia ou metais pesados, como o chumbo, por exemplo. Uma sugestão é optar pela henna ou outro produto capilar natural. Já os tratamentos para alisar os cabelos devem ser feitos somente após o período de amamentação".


7) Tratamentos para alisar os fios podem contaminar o leite da gestante?

Verdade.
"O formol deve passar longe das lactantes, pois não se conhecem ao certo a absorção, transmissão ou efeitos do produto em recém-nascidos. Como não há uma comprovação científica, o ideal é evitar qualquer risco. Além disso, essas químicas podem acarretar uma série de reações alérgicas. Caso isso aconteça, a mãe precisará fazer o uso de medicamentos que também podem interferir na qualidade da amamentação".
Número de Visualizações: 88

Blogueira Natalia Demian Grávida Com Look Básico da Coleção de Outono 2014 da Zazou

Trago hoje mais um look que a bela e estilosa Natalia Demian, do Insta @belasmaes, que anda bombando cheio de looks bacanas para as grávidas antenadas, como este da foto abaixo tirada pela fotografa Carla Zigon no jardim de inverno da loja de São Paulo da Zazou (Av. Juriti, 433 em Moema | 11-3846-6511).
Blogueira Natalia Demian Grávida do @belasmaes Com Look Básico de Jeans da Coleção de Outono 2014 da Zazou


A Natalia veste um look básico com jeans da linha Maternity da Zazou (jeans.zazou.com.br), com modelagem especializada própria, que faz que ele tenha ao mesmo tempo um bom caimento, ficando justinha como um jeans comum, mas ao mesmo tempo seja bem confortável, não apertando quando senta, tão pouco ficando largo e caindo quando anda. Ela veste ainda uma camiseta de alcinha básica bege, sobre uma bela e chique blusa de renda toda trabalhada também em bege, da coleção de outono 2014 da Zazou, cujas novidades tem chegado semanalmente nas lojas.

Faça como ela e venha conferir pessoalmente esta e muitas outras novidades legais que temos para oferecer para grávidas que querem manter seu estilo, e precisam estar bem vestidas durante toda a gravidez no ambiente de trabalho e social. Garantimos que vai encontrar a maior variedade de opções de escolha com a melhor modelagem especializada do mercado, em peças de qualidade diferenciada, em um atendimento personalizado, com experiência de 12 anos atendendo gestantes no nosso dia a dia.
Número de Visualizações: 90

Video = Dicas de Moda Gestante com As Patricias

Trago no vídeo abaixo algumas boas dicas de moda gestante com as consultoras de moda As Patricias.
Número de Visualizações: 73

Como dar a notícia da gravidez no trabalho?

Neste sábado conversando com uma cliente grávida de apenas 2 meses na loja em Ipanema no Rio, ela comentou de que ainda não havia avisar no trabalho que estava grávida. Foi quando achei que seria um bom tópico para abordarmos aqui neste blog.

Como dar a notícia da gravidez no trabalho?

Por isto fomos pedir ajuda para um especialista em recolocação de executivos, o diretor-geral da Produtive Carreira e Conexões com o Mercado, Rafael Souto, que orienta que executivas com planos de engravidar tenham pelo menos dois anos na empresa, tempo suficiente para serem reconhecidas pelo seu trabalho. Quanto mais serviços prestados com qualidade, maior a chance de mostrar ao gestor que "vale a pena" esperar por aquela funcionária.

Confira algumas dicas para minimizar riscos no trabalho ao planejar uma gravidez:

1) Trace suas metas

Antes de planejar uma gravidez, avalie o peso que a carreira tem em sua vida. Se sua meta é ser uma executiva de sucesso, por exemplo, é prudente negociar com a empresa o melhor momento para colocar o plano em ação.

2) Acerte o timing

A recomendação é aguardar pelo menos dois anos dentro de uma organização antes de engravidar. Quanto menor o tempo na função, maior a chance de perder espaço no retorno. Com maior tempo de dedicação profissional, é mais fácil convencer os gestores de que vale a pena esperar pelo retorno da funcionária.

3) Analise o ambiente

Investigar a cultura da empresa em relação à maternidade é uma forma de se prevenir contra surpresas desagradáveis. Conversas com colegas que tiveram filhos recentemente é uma forma de saber como foi a experiência no trabalho. Caso haja um ambiente receptivo, comunique seus planos com antecedência à chefia.

4) Apresente um plano de transição

Em vez de esperar pelos desígnios da empresa, elabore um plano de transição, sugerindo ideias para facilitar o cumprimento de suas tarefas durante o período de licença-maternidade. A proposta pode ser apresentada junto com a notícia da gravidez, indicando comprometimento da funcionária com a continuidade de suas tarefas.

5) Demonstre desejo de voltar

Muitas empresas ficam inseguras quanto ao retorno das funcionárias após a licença-maternidade. Compartilhar projetos e objetivos da carreira pós-maternidade, mesmo antes da saída, é uma boa forma de afinar a comunicação com os gestores. Caso a mulher pretenda manter sua posição no trabalho, deve deixar isso claro.

6) Seja paciente no retorno

Às vezes, ao voltar da licença-maternidade, a funcionária se sente deslocada no ambiente, com perda de funções e responsabilidades. Antes de tomar qualquer decisão precipitada, a orientação é ser paciente e negociar internamente. A volta deve ser interpretada como uma reconquista de espaço, podendo incluir conversa sobre a carreira com a chefia. Caso as perspectivas não melhorem nos meses seguintes, a saída pode ser a procura de um novo emprego.
Número de Visualizações: 70

Natalia Demian Grávida do Insta @belasmaes Vestindo Zazou

Quem esteve neste último sábado pessoalmente na loja da Zazou em Moema (Av. Juriti, 433 | (11) 3946-6511) foi a bela e estilosa Natália Demian, do Insta @belasmaes, nome muito apropriado por sinal ao que ela posta, sempre com roupas e looks antenados, como este vestido branco que ela escolheu nas araras da loja, sendo fotografada no próprio provador pela fotografa de gestantes e bebês Carla Zigon (www.facebook.com/carlazigonfotografia).
Natalia Demian Grávida do Insta @belasmaes Vestindo Zazou
Número de Visualizações: 114

Vídeo = Estética e Sexo durante a gravidez

Veja no vídeo abaixo do programa Viva Melhor com dicas práticas de como cuidar da estética durante a gravidez, assim como sobre o sexo e outros assuntos com a Ginecologista Obstetra Dra. Fernanda Pauro.
Número de Visualizações: 80

Resultado do Sorteio de um Carrinho de Bebê Importado pela Be Baby nas Redes Sociais da Zazou

Sei que a expectativa das grávidas que participaram é grande, então chegou a hora de contar, quem foi a ganhadora do terceiro carrinho de bebê importado da marca alemã ABC Design, que são trazidos para o Brasil pela Be Baby (www.bebaby.com.br), desta vez nas nossas redes sociais da Zazou de uma forma bem democrática entre as que se inscreveram e seguiram as regras do link:

http://sorteio.zazou.com.br
Resultado do Sorteio de um Carrinho de Bebê Importado pela Be Baby nas Redes Sociais da Zazou


Quem nos ajudou a fazer o sorteio de forma independente foi uma cliente da loja da Zazou, chamada Carolina Cardoso, que por sinal esta vestida na foto com uma batinha animal print da Zazou, que configurou e gerou o número 23 através do app IGerar, e assim com a listagem que haviamos fechado e enviado a todas participantes previamente.
Resultado do Sorteio de um Carrinho de Bebê Importado pela Be Baby nas Redes Sociais da Zazou


Estamos agora verificando se a vencedora seguiu todas as regras do sorteio.

Agradeço a todas que participaram desta promoção inédita da Zazou, que sorteou este belo objeto de desejo de qualquer grávida, de forma bem democrática, sem necessidade de pagar ou comprar nada para participar deste terceiro sorteio. Aonde mais você encontram este tipo de coisa?

Para as que não ganharam, o que é uma pena, pois gostariamos de poder dar um para cada uma pelo carinho e prestigio que nos deram, queria dizer de que em breve vamos soltar mais um novo sorteio entre quem nos segue e curti nossas redes sociais no Facebook e Instagram.
Número de Visualizações: 73

Sonolenta? Saiba como lidar com as alterações do sono na gravidez

A gravidez causa um grande impacto sobre o sono da mulher. No princípio aparece uma sonolência constante, com o passar do tempo, a barriga incomoda à gestante a encontrar uma posição confortável. A grávida pode ter dias de insônia e também passar a roncar durante a noite. Saiba mais sobre as alterações do sono na gravidez. Os hormônios são os culpados pelas alterações do sono na gravidez.

A principal razão pela qual as gestantes sofrem com distúrbios do sono na gestação é a mudança e a elevada taxa de hormônios. Principalmente no começo da gestação, seu corpo ainda está se acostumando com esses hormônios que deixam a grávida mais ativa, causando dificuldade para dormir, sono leve e pesadelos. Essas alterações são perfeitamente normais e afetam a maioria das mulheres. Ao passar do tempo, a barriga da gestante vai crescendo e o problema passa a ser encontrar uma posição cômoda na hora do sono na gravidez. Essa fase é também quando as grávidas costumam ter sonolência durante e dia, mas muitas vezes dormir à noite é bastante difícil.

O sono na gravidez também pode ser influenciado por outras questões. O crescimento do bebê, que pressiona sua bexiga e causa vontade de ir ao banheiro frequente; o bebê também pressiona o estômago e pode causar azia. Igualmente há o aumento do metabolismo na gestação, que deixa a grávida mais ativa e a prepara para o nascimento.

Contudo, muitas gestantes devem ficar atentas aos sinais de distúrbios de sono na gravidez. Segundo Geisa Quental, médica homeopata da Associação Paulista de Homeopatia (APH), distúrbios do sono em gestantes e lactantes não são necessariamente uma doença, mas sintomas que indicam que algo está errado e precisa ser corrigido. Ela diz que pior do que não dormir são as consequências de uma noite em claro:
“A maior queixa das grávidas em relação às consequências dos distúrbios do sono são as alterações no humor, brigas com o parceiro, crises de angústia, aumento da ansiedade e queda da imunidade,” explica Geisa.


Para controlar e evitar os problemas relacionados ao sono na gravidez, existem medidas simples que a gestante e seu médico podem tomar:

- Faça um ritual para dormir. Vá diminuindo gradualmente seu ritmo, procurando fazer atividades que relaxem desde o começo da noite.

- Antes de ir para a cama, peça massagens relaxantes para seu companheiro, faça alongamentos. Seu sono será estimulado.

- É importante manter o peso estável e praticar exercícios durante o dia. Isso auxilia no sono, ajuda a manter uma boa pressão arterial e evita diversos problemas na gestação e no parto.

- Mantenha uma dieta leve e saudável, de fácil digestão. Nada de comer alimentos gordurosos ou picantes no jantar. Evite a acidez estomacal.

- A televisão não é sua aliada. Se você tiver uma tv no quarto, desligue-a para dormir. Prefira dormir com o quarto escuro e sem barulho.
Número de Visualizações: 72

Resultado do Sorteio na Zazou do Carrinho de Bebê Importado pela Be Baby

Queria trazer hoje o resultado do nosso segundo sorteio de um carrinho de bebê importado da marca alemã ABC Design, trazido pelo Brasil pela Be Baby (www.bebaby.com.br) no modelo 3-Tec, como este da foto abaixo nas cores preto e branco, para combinar com o look da Zazou, que a blogueira grávida Natália Demian, do Insta @belasmaes, esta vestindo com uma bata animal print e legging preta.
Resultado do Sorteio na Zazou do Carrinho de Bebê da ABC Design modelo 3-Tec Importado pela Be Baby com Natália Demian das @belasmaes


As fotos são da fotografa Carla Zigon. Confiram mais do trabalho dela em: www.facebook.com/carlazigonfotografia

Pedimos para a estilosa e bela Natália, que estava fazendo uma visita e compras de moda gestante na loja da Zazou em Moema (Av. Juriti, 433 | (11) 3846-6511), para fazer o sorteio de forma independente, entre as clientes que tinham ido na loja nas últimas semanas.

E a ganhadora com o número 1416 foi a Lira Padovan, que é moradora do bairro de Cerqueira Cesar em SP, e foi na loja no dia 21 de fevereiro, e teve sorte de sair com um lindo carrinho de presente da Zazou.
Resultado do Sorteio na Zazou do Carrinho de Bebê da ABC Design modelo 3-Tec Importado pela Be Baby com Natália Demian das @belasmaes


Agradeço a Natália pela ajuda, a Lira e as demais clientes grávidas pela participação delas em mais uma promoção exclusiva que só vêem acontecer na Zazou, mostrando um pouco nossa preocupação em oferecer um atendimento diferenciado e algo a mais as nossas clientes, que pode ser inclusive um belo carrinho de bebê importado. Aliás não posso deixar de agradecer a Regina da Be Baby por mais esta parceria vencedora. E se você tem interesse em parcerias com a Zazou, para que seu produto ou serviço, seja em SP ou no Rio, aonde temos loja, possa ser o objeto de desejo de um dos próximos sorteios, basta entrar em contato conosco por email.

Para as que não ganharam, fiquem ligadas pois já estamos com um novo sorteio no ar para quem vier visitar a loja.
Número de Visualizações: 70

Vídeo = Primeiros Dias

Vejam um vídeo com um médico especialista dando dicas práticas sobre a gravidez.
Número de Visualizações: 65

Uso de paracetamol na gravidez pode levar a déficit de atenção e hiperatividade nos filhos

Paracetamol (ou acetaminofeno), encontrado em diversos remédios como Excedrin e Tylenol, fornece alívio para dores de cabeça e dores musculares. Quando usado adequadamente, é considerado na sua maioria inofensivo. Nas últimas décadas, a droga tornou-se o medicamento mais comumente usado por mulheres grávidas para febres e dores.

Agora, um estudo de longo prazo feito pela Universidade da Califórnia em Los Anegeles (EUA), em colaboração com a Universidade de Aarhus, na Dinamarca, tem levantado preocupações sobre o uso do paracetamol durante a gravidez.

O estudo mostrou que tomar a droga durante a gravidez está associado a um risco maior de crianças com transtorno hiperquinético ou hipercinético, uma forma particularmente grave do transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

TDAH, um dos transtornos neurocomportamentais mais comuns em todo o mundo, é caracterizado por desatenção, hiperatividade, aumento da impulsividade e desregulação motivacional e emocional.
“As causas do TDAH e transtorno hipercinético não são bem compreendidas, mas ambos fatores ambientais e genéticos contribuem claramente”, disse Beate Ritz, uma das autores sêniores do estudo. “Sabemos que tem havido um rápido aumento em distúrbios neurológicos, incluindo TDAH, ao longo das últimas décadas, e é provável que o aumento não seja apenas atribuído a melhores diagnósticos ou sensibilização dos pais. É provável que existam componentes ambientais também”. Por conta disso, os pesquisadores resolveram procurar causas ambientais evitáveis que poderiam desempenhar um papel na doença.


Parte da neuropatologia pode já estar presente no momento do nascimento, fazendo com que a exposição durante a gravidez e/ou infância fosse de interesse particular. Como o paracetamol é o medicamento mais comumente usado para dor e febre durante a gravidez, os cientistas focaram nele.

Os pesquisadores usaram um estudo nacional dinamarquês sobre gestações que incide especialmente sobre os efeitos colaterais dos medicamentos e infecções. Eles estudaram 64.322 crianças e mães com dados de 1996 a 2002. O uso do paracetamol durante a gravidez foi determinado por meio de entrevistas telefônicas realizadas até três vezes durante a gravidez, e seis meses após o parto.

Os pesquisadores acompanharam os pais até quando seus filhos atingiram a idade de 7 anos, perguntando sobre os problemas comportamentais das crianças através de um questionário padrão que avalia cinco domínios, incluindo sintomas emocionais, problemas de conduta, hiperatividade, relações entre pares e comportamento social.

Além disso, obtiveram diagnósticos de transtorno hipercinético entre as crianças do estudo a partir de registros de hospitais dinamarqueses.

Mais da metade de todas as mães relataram o uso de paracetamol durante a gravidez. Os pesquisadores descobriram que as crianças cujas mães usaram a droga tinham um risco 13 a 37% maior de receber um diagnóstico hospitalar de distúrbio hipercinético, ser tratado com medicamentos de TDAH ou apresentar comportamentos de TDAH aos 7 anos.

Quanto mais tempo o paracetamol foi tomado, ou seja, nos segundo e terceiro trimestres de gravidez, mais fortes foram as associações. Os riscos foram elevados para 50% ou mais quando as mães tinham usado o analgésico comum por mais de 20 semanas na gravidez.
“Sabe-se a partir de dados obtidos em estudos com animais que o paracetamol é um disruptor hormonal, e exposições hormonais anormais na gravidez podem influenciar o desenvolvimento cerebral do feto”, disse Ritz.


Paracetamol pode atravessar a barreira placentária, por isso é plausível que a droga possa interromper o desenvolvimento do cérebro fetal, interferindo com hormônios maternos ou através de neurotoxicidade, como a indução de estresse oxidativo, que pode causar a morte de neurônios.
“Precisamos de mais pesquisas para verificar estes resultados, mas se eles se mostrarem verdadeiros, então o paracetamol não deve mais ser considerado uma droga segura para o uso durante a gravidez”, disse o Dr. Jørn Olsen, outro autor sênior do estudo.
Número de Visualizações: 131

Ganhadora do Sorteio da Zazou de um Carrinho de Bebê importado da ABC Design

Como sabem fizemos neste último sábado de março o sorteio de 3 carrinhos de bebê importados da marca alemã ABC Design, importados pela Be Baby (www.bebaby.com.br) no modelo 3-Tec, como este do vídeo abaixo. Foi um carrinho para as clientes que foram na loja em Moema em SP, outro para as que foram na loja de Ipanema no Rio, e finalmente um terceiro através das nossas redes sociais do Facebook e Instagram. Aliás aonde mais vocês vêem este tipo de preocupação em oferecer diferenciais e sorteio como este?


E a ganhadora do sorteio da loja do Rio foi a Monique Elisas dos Santos, moradora do Cond. Santa Monica na Barra no Rio, que esteve fazendo compras de moda gestante na loja no dia 15 de março, e data prevista do parto para o final de julho.

Gostaria de agradecer a participação de todas, mas infelizmente não dava para dar um carrinho para cada uma, por isto vale a pena parabenizar a sortuda ganhadora deste carrinho top de linha, que já foi informada pelo telefone, e deve ir até a loja retirar o seu carrinho, quando vamos tirar uma foto dela com o carrinho, e pegar um depoimento do que ela achou. Depois postamos aqui.

Amanhã eu conto quem ganhou em SP e nas Redes Sociais...

E continuem ligadas em nosso blog, pois vamos continuar a fazer novos sorteios entre as grávidas antenadas, seja para quem for nas lojas, seja através de nossas redes sociais!
Número de Visualizações: 72

Video = Dicas de Moda Gestante

Trago hoje um vídoe com uma matéria do programa CNews de Fortaleza com dicas práticas de moda gestante, dando os detalhes que as grávidas devem se preocupar na hora de escolher suas roupas, e as vantagens da modelagem especializada pensada na necessidade das grávidas.
Número de Visualizações: 63

Pesquisa sugere melhor período para mulher perder peso após gravidez

Uma pesquisa conduzida por médicos do Canadá sugere que o período entre três e 12 meses depois do parto é o ideal para perder os quilos a mais ganhos durante a gravidez.

Segundo o estudo, publicado na revista especializada 'Diabetes Care', as mães que não conseguem perder o excesso de peso dentro de um ano depois do nascimento do bebê, ou engordam neste período, podem correr sérios riscos de saúde.

Os pesquisadores afirmam que esse grupo pode vir a sofrer problemas como hipertensão e outros fatores que provocariam diabetes e doenças cardíacas no futuro.

O estudo revelou que os fatores de risco mais elevados para a saúde das mulheres - observados um ano depois do parto e naquelas que não emagraceram - não foram verificados três meses após o nascimento do bebê.

A conclusão sugere que o período crítico para as mulheres perderem pelo menos uma parte do peso extra ganho durante a gravidez se estende de três a 12 meses depois do parto.

Os pesquisadaores canadenses acompanharam o emagrecimento depois do parto de um grupo de cerca de 300 mulheres saudáveis. Eles também monitoraram fatores de risco para diabetes e doenças do coração, como a pressão sanguínea, o LDL (colesterol ruim) e a resistência à insulina (hormônio responsável pela redução da glicemia, a taxa de glicose no sangue).
A maioria das mulheres não está voltando ao peso de antes da gravidez logo imediatamente (depois do parto) e descobrimos que o padrão típico é que mais de 80% não fazem isto durante três meses, disse Ravi Retnakaran, pesquisador em diabetes e clínico do Hospital Mount Sinai, de Toronto, responsável pela pesquisa. Sugerimos que, entre 3 e 12 meses, a mulher já deva estar na trajetória do emagrecimento', acrescentou. Percebemos que o período entre 3 e 12 meses depois do parto é crucial. Neste período, médico e paciente devem prestar atenção ao controle do peso, o que poderá ser muito importante para a saúde metabólica e vascular a longo prazo', afirmou Retnakaran.


Por causa do crescimento do bebê, é normal o aumento de peso durante a gravidez. Em média, ao longo dos nove meses de gestação, mulheres costumam ganhar cerca de 20% ou mais de seu peso total.

Depois do parto, as tentativas de perder peso podem ser prejudicadas pela falta de exercícios e também pela falta de sono.

A pesquisa também mostrou que o peso de uma mulher um ano depois do parto é um forte indício de como será seu peso 15 anos depois.

A hipótese, segundo os médicos do Hospital Monte Sinai, é que o efeito cumulativo do ganho de peso durante cada gravidez contribui para que a mulher tenha um risco maior de desenvolver doenças como diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Ao fim do estudo, os médicos descobriram que 75% das pesquisadas perderam peso entre três e 12 meses após o parto. Eles acrescentaram que a prática de exercícios foi importante para alcançar a meta.

As 25% restantes que não emagreceram ou que engordaram tinham um perfil que mostrava um risco maior de desenvolver diabetes e doença cardíacas no futuro.

Maureen Talbot, enfermeira cardíaca da organização especializada em cuidados com o coração British Heart Foundation, reconhece que pode ser difícil perder peso depois da gravidez, mas lembra que ficar acima do peso aumenta o risco de ataque cardíaco e derrame.
'Com um bebê novo você vai, sem dúvida, ficar ocupada, então não tente correr para dietas e uma rotina extenuante de exercícios', diz Talbot. 'Ao invés disso, volte a fazer exercícios de forma equilibrada encaixando atividades físicas em sua rotina, por exemplo, uma caminhada na hora do almoço ou uma aula de ginástica com o bebê', acrescentou.
Número de Visualizações: 69

Dicas de Moda Gestante com a Blogueira Gi Salmazi no Instagram com Look de Trabalho da Zazou

Adoramos quando nossas clientes postam fotos em seu Instagram com looks da Zazou. Afinal ninguém melhor do que nossas próprias clientes para mostrarem como as grávidas podem sim estar bonitas e elegantes bem vestidas durante toda a gravidez, e como a Zazou pode ajuda-las na prática nisto.

Esta semana quem postou em seu Instagram foi a Blogueira Gi Salmazi (@gisalmazi), que esta grávida de 31 semanas, e fotografou recentemente um look de trabalho, com uma camisa social da Zazou, com modelagem especializada própria, fazendo que tenha um caimento perfeito e mais conforto, como podem ver na foto abaixo dela.
Dicas de Moda Gestante com a Blogueira Gi Salmazi no Instagram com Look de Trabalho da Zazou


Trata-se de uma das peças que mais vendemos em nossa linha "Social e Trabalho", muito procurada pelas grávidas que precisam estar bem vestidas e elegantes no ambiente de trabalho durante toda a gestação.

A procura pelas camisas sociais da Zazou acontece também por ela ser uma peça bem polivalente, que pode ser usada desde em um ambiente mais formal, como também depois do trabalho em algum evento com as amigas e o marido. Cai bem desde com uma calça social de alfaiataria, até com uma calça jeans. E que combinado com assessórios pode sempre incrementar ainda mais o look, como o caso desta bela bolsa da Schutz, e lindos colares que a Gi esta usando.

Esta semana finalmente começou a esfriar, e a procura pelas novidades da coleção de transição de outono, começou a aumentar nas lojas da Zazou em São Paulo (Moema | 11-3846-6511) e no Rio (Ipanema | 21-2247-4645).
Número de Visualizações: 177

Resultado do Sorteio do Ensaio Fotográfico com o Fotografo Eder Bruscagin

No final do ano sorteamos entre as nossas clientes grávidas um Ensaio Fotográfico com o talentoso fotografo Eder Bruscagin, e a ganhadora foi a Sandra Ghercov, que aos 8 meses foi fotografado junto do marido Edu Bezerra, no Jardim Botânico de São Paulo.

Queria mostrar aqui o resultado prático deste ensaio, o que ela ganhou de presente nosso e do Eder. Vejam só algumas fotos que selecionamos.
Resultado do Sorteio da Zazou de um  Ensaio Fotográfico com o Fotografo Eder Bruscagin com a Sandra Ghercov


Ficou linda, não?

Conheçam o mais do trabalho dele em:

http://www.EderBruscagin.com.br

Aproveito para lembrar de que estamos na reta final do atual sorteio, que acontece no sábado que vem, em que vamos presentear com um Carrinho de Bebê Importado da marca ABC Design no modelo 3-Tec, uma cliente da loja em São Paulo (Moema | 11-3946-6511), outra da loja do Rio de Janeiro (Ipanema | 21-2247-4645), e finalmente uma terceira de forma democrática através de nossas redes sociais, em que pode participar sem ter que comprar ou pagar nada, bastando preencher o formulário online, sem deixar de ler e seguir as regras todas em:

http://sorteio.zazou.com.br

Venha participar. E se vier na loja aumentam ainda mais suas chances! Avise a suas amigas grávidas!
Número de Visualizações: 173

Veja como Participar do Sorteio da Zazou de um Carrinho de Bebê Importado da ABC Desgin no modelo 3-Tec

Já esta no ar em nossas redes sociais da Zazou a promoção gratuita do sorteio de um carrinho de bebê importado da marca alemã ABC Design importando pela Be Baby no modelo 3-Tec, entre as grávidas antenadas que curtem a Zazou.

Veja como participar em:

https://www.facebook.com/Zazou.Gestante?sk=app_515720611858523
Número de Visualizações: 163

Promoção e Horário de Carnaval nas Lojas de Moda Gestante da Zazou

Gostaríamos de avisar de que as lojas de moda gestante da Zazou em São Paulo (Moema | 11-3846-6511) e Rio de Janeiro (Ipanema | 21-2247-4645) estarão abrindo normalmente neste próximo sábado de Carnaval (dia 1 de março) das 10hs ás 18hs, mas com uma boa surpresa para quem não for viajar, e deseja aproveitar um dia mais tranquilo para fazer suas compras do seu enxoval de grávida.

Estaremos fazendo uma promoção que vai dar um desconto de 20% nas peças de lançamento na atual coleção de transição do verão em qualquer forma de pagamento. Mas é apenas neste sábado, e não se esqueçam de que é preciso imprimir e apresentar este flyer abaixo no caixa para obter este desconto. Não adianta apenas dizer que viu. Não se esqueçam de levar, ok?
Promoção e Horário de Carnaval nas Lojas de Moda Gestante da Zazou


Para quem buscar ainda oportunidade melhor ainda de boas compras, de peças de qualidade porém com preços de comércio popular, queria avisar também de que temos peças novas que entraram na sala de nossa ponta de estoque permanente na loja de SP, com descontos ainda maiores,

Aproveitamos para avisar também que não vamos abrir na quarta feita de cinzas. As lojas abrem normalmente na quinta depois do Carnaval.
Número de Visualizações: 177

Roupas para Grávidas Curtirem o Feriado do Carnaval

Roupas para Grávidas Curtirem o Feriado do Carnaval

O feriado do Carnaval esta chegando, e se você não tem ou ainda não sabe o que vestir, saiba se não desejar não precisa se vestir com uma fantasia de melancia engraçada como esta, pois a Zazou tem muitas opções legais, inclusive de shorts, bermudas e batinhas, e muitas delas com preço de promoção de carnaval, com bons descontos nas lojas do Rio (Ipanema | 21-2247-4645) e em São Paulo (Moema | 11-3846-6511). Venha conferir pessoalmente!
Número de Visualizações: 303

Video = Depoimentos de Grávidas sobre as Emoções durante a Gravidez

Veja em um video abaixo alguns depoimentos de grávidas sobre as emoções que passaram durante sua gravidez.


E vocês? Quais emoções tem passado durante sua gravidez?

Mandem seus comentários!
Número de Visualizações: 190

Cuidados e Dicas para as Futuras Mães para depois do parto durante o Puerpério

Muitas grávidas não sabem, mas o período imediatamente a seguir, ao nascimento do seu filho, chama-se de Puerpério.

Será por exemplo necessário, se cuidar e medir a sua tensão arterial, a temperatura e os pulsos, após o nascimento do seu filho. Deve ficar de olho em eventuais hemorragias vaginais, os seios, as pernas, o funcionamento da bexiga e dos intestinos. Os seus orgãos reprodutores deverão regressar ao estado normal, passadas quatro a seis semanas. A permanência no hospital, será de dois a três dias, mas se fez uma cesariana poderá demorar um pouco mais, mas no máximo cinco dias, após o parto. Mas que seu corpo não volta ao normal depois que sai da maternidade. Provável que, talvez necessite de cerca de um ano, para se recompor do seu estado físico e psicológico, proporcionado pela gravidez e pelo parto.

O corrimento sanguinolento, que o útero liberta após o parto, chamado de lóquios, é muito abundante nos primeiros dias, podendo mesmo apresentar pequenos coágulos. Inicialmente vermelho, passará depois a ser castanho e cada vez mais reduzido. Se a cor vermelha voltar a aparecer, a seguir à mamada ou após realizar uma atividade física, não se assuste. Ao fim de 10 a 14 dias, os lóquios tendem a desaparecer, mas caso voltem, consulte o seu médico.

Se estiver amamentando o bebê, o seu ciclo regressará após o desmame, mas se não estiver amamentando por algum motivo, é provável que volte, passadas seis a dez semanas. Por isto cuidado, pois pode voltar a engravidar, logo com o reaparecimento da menstruação e com a nova ovulação, ao retomar a sua vida sexual sem precauções.

A vontade de urinar, durante os primeiros dias pode ser muito frequente. Mas, é também possível que sofra de prisão de ventre. Beba muitos líquidos, e coma fruta, legumes, pão integral e cereais.

A zona entre a vagina e o anus, pode estar muito dorida, principalmente se fez uma episiotomia. As dores podem durar muito tempo, mesmo meses, e para ser aliviada poderá fazer, algumas coisas: experimente tomar banhos de sal, sentar-se em cima de uma bóia insuflável ou almofadas, faça ginástica adequada para o pós-parto, deite-se de lado quando amamenta ou aplique um saco de um gelo, de maneira a reduzir o inchaço. Estas dores, provocadas pela contração e descontração do útero, poderão ser suaves num primeiro parto, porque nos seguintes podem ser muito dolorosas.

As hemorróidas é outra das coisas que ataca, antes e depois do parto. Aplique um saco de gelo, um spray ou uma pomada e, sentir-se-à melhor. Tenha atenção ao peito. Após o segundo até ao quarto dia, o seu peito estará mais cheio devido à subida do leite. Portanto, compre um bom soutien, ainda que este desconforto dure cerca de 36 horas.

As estrias, também marcam o seu território, nas coxas, nos seios, e abdómen, mas desaparecerão passado um tempo. O seu cabelo cairá mais do que o normal, após três meses de parto. Não se preocupe, isto é apenas passageiro.

Durante ou depois da gravidez, as dores das costas são muito habituais, ainda para mais se tiver utilizado a anestesia epidural. Para que as dores não se agravem, tenha as costas apoiadas enquanto amamenta o bebé, dobre os joelhos ao levantar objectos pesados, tenha uma postura correcta ao estar de pé ou ao caminhar e, se estiver muito mal das costas, procure um fisioterapeuta.

Pratique os exercícios adequados, para que não venha a expelir urina quando ri, tosse ou espirra. Alguns dos exercícios, são muito simples. Inspirar devagar, deixando o abdómen subir. Depois expire, puxando os músculos do abdómen para dentro, com força. Este é um dos vários exercícios, próprios para o pavimento pélvico, mas pode também praticar natação, ginástica normal ou aeróbica. Deve é informar o professor, que foi mãe há pouco tempo.

Não comece logo a fazer uma dieta, após o parto. Continue com o mesmo tipo de alimentação equilibrada, que realizava durante a gravidez. Assim, o seu peso normal será recuperado, e será ainda mais eficazmente atingido, se fizer os exercícios de ginástica recomendados. Se amamentar o seu bebê, vai precisar de muitas mais calorias por isso, coma devidamente alimentos à base de muitas proteínas.

Quando voltar a fazer sexo, vai estar ainda sensivel por umas 3 a 4 semanas depois do parto, e é normal que se sinta um pouco dorida ou seca. Use um lubrificante ou geleia. Atenção, que este período de 3 a 4 semanas, pode ser mais longo, pois o apetite sexual da mulher pode ser relativamente baixo.

Um esgotamento físico e psicológico, acontece à maioria das mães. São as noites mal dormidas, a ansiedade, o receio de não estar a cumprir na perfeição o seu papel de mãe, as alterações na rotina diária e, um estado irritável que a domina sem cessar. Procure amigos e familiares, onde a boa disposição deve reinar, vá às compras, à cabeleireira e distraia-se bastante.

Os sintomas de uma depressão pós-parto, surgem a três, cinco dias depois do mesmo e, é habitual a vontade de chorar, a incapacidade de concentração, perda de memória, sono excessivo, perda de interesse por sexo, receio de tocar no bebé, alterações no apetite e energia excessiva.

Uma consulta pós-natal é recomendada, especialmente por volta das 6 semanas depois de já ser mãe, para verificar se o útero já recuperou e, se todas as suas componentes internas ou externas, se encontram em perfeitas condições.
Número de Visualizações: 162

Foto do Dia de Gravidez

Para a série de belas fotos sobre gravidez, que temos selecionado das que gostamos no Instagram, hoje queria trazer não uma, mas duas fotos da fotograva Cristiana Coelho, com um belo olhar da grávida em harmonia com a natureza, que oferece grandes oportunidades, em especial com a água e os reflexos e sombras como estas abaixo...


Assim como esta outra da Fotografa Ana Carolina Barzensk, com um lindo entardecer que esta deslumbrante!
Número de Visualizações: 129

Dicas da Baby Planner Carol Baldin de como se vestir durante a gravidez

Queria trazer as dicas práticas, de quem trabalha na área, e já passou por isto, da Baby Planner Carol Baldin (www.carolbaldin.com), de como se vestir durante a gravidez, começando com um depoimento dela:
Já vou adiantar para vocês que não é fácil. Eu sou magra e achei que iria tirar isso de letra. Mero engano de uma novata no mundo da maternidade. Minha barriga demorou para aparecer. Até uns 5 meses eu cabia em uma calça jeans normal. Depois o bicho começou a pegar. Tirando as calças, eu achava que se comprasse algumas peças de roupas normais, só que em números maiores, serviria. Mero engano número 2. Ficava um pouco esquisito. Consegui me virar um pouco, mas investi em algumas roupas, que me deixassem mais a vontade com a minha barriga.


Acho que ela conseguiu resumir muito bem o que passa normalmente nas grávidas de primeira viagem, que sem experiência de quem nunca passou por isto, acham de que ou suas roupas normais que já tem no armário vão lhe servir também durante a gravidez, quando ao chegar como ela no quarto ou quinto mês de gestação, quando realmente a barriga começa a crescer, e rápido, ai não o que tem no armário antes da gestação não veste mais.

Assim como muitas acham também como ela de que basta comprar uma roupa em loja de moda feminina normal de um tamanho maior que resolve seu problema. Mas infelizmente não é assim, pois a barriga vai continuar crescendo, e um número maior provavelmente não será suficiente, e assim vai precisar ficar comprando números maiores sempre, quando o segredo esta na modelagem especializada, que vai acompanhar o crescimento de sua barriga e de outras partes que acompanham a gravidez...

Segue então abaixo algumas dicas que ela nos contou para vocês:

1) Aceite sua barriga
Amiga, você está grávida. Pare de se olhar no espelho e se achar gorda, achar que nada cabe...Claro que não. Com um barriga de 5 meses, com exceção da Gisele Bündchen, provavelmente você não conseguirá mais entrar nas suas roupas e passar desapercebida. Se olhe no espeço e agradeça o fato de estar grávida. Tenho certeza que você está linda e acredite, tem muita gente querendo estar no seu lugar.


Realmente trata-se de algo que nem todas grávidas conseguem fazer, mas quem o faz, aproveita muito melhor esta fase especial, curtindo feliz sua barriguinha. Que nem todas se acham que ficam bem, mas garanto que a maioria das pessoas acha lindo. E para ajuda-la a se sentir bem, bonita e elegante que a Zazou surgiu no mercado.

É comum muitas grávidas chegarem pensando desta forma nas lojas da Zazou. Vem muitas vezes mais por necessidade, do que por vaidade. Mas ao começar a experimentar e ve-las no espelho do provador, logo mudam o clima, e saem normalmente super felizes, com a sacola cheia, e se sentindo outra.

2) Não mude seu estilo
Se era hippie, continue. Se era chique e elegante, se mantenha no salto. Não pense porque está grávida que terá que abandonar as roupas que gosta de usar., e viver de batinhas ou macacões. Hoje em dia, existem várias lojas especializadas e com certeza você irá achar alguma coisa que lhe agrade.


Por isto que gostamos do slogan da Renner, que cada uma tem seu estilo, e na Zazou temos todas...

Acho que um dos diferenciais que temos é sem dúvida a maior variedade de opções de escolha em diversas linhas, com centenas de opções disponíveis para todos os gostos, estilos e bolsos, nas araras das lojas da Zazou. Muitas vezes encontra em uma loja uma pequena arara com poucos modelos, normalmente básicos, mas na Zazou vai se surpreender, pois certamente vai encontrar algo que seja o seu estilo. Afinal como ela bem disse, não é por que esta grávida que vai mudar seu estilo!

3) Procure roupas que marquem sua silhueta.
Quer coisa melhor do que escutar isso? Quando na sua vida você escutaria (no caso aqui, leria) de alguém que é bonito usar roupas que marcam sua barriga? Aproveite o momento! Usar roupas largas e sem modelagem vão te deixar com um corpo esquisito. Priorize a modelagem das roupas e que claro, sejam atreladas ao conforto.


Outro pensamento errado que muitas grávidas tem, normalmente na primeira gravidez, é que roupa de grávida é larga, quando na verdade é exatamente o contrário, ela é para marcar bem as mudanças no seu corpo, seja na sua barriguinha positiva, seja no aumento dos seus seios, pois quer na verdade mostrar exatamente que esta grávida, e não acima do seu peso normal. Quer que as pessoas achem que você esta realmente grávida e bonita e elegante, como sempre foi.

Por isto que o grande diferencial da moda gestante, esta na sua modelagem especializada, que é quem garante que a roupa tenha um caimento perfeito, e mais conforto (de não ficar pequena e apertando, como uma roupa que já tinha no armário) e segurança (de não ficar grande e caindo, como uma roupa de tamanho maior), isto independente do tamanho de sua barriga.

4) Não fuja das roupas de grávida.
Até eu engravidar e me aprofundar no assunto, eu associava roupas de grávidas aquelas batas e jardineiras jeans que as nossas mães usavam. Calafrios a parte, hoje graças a deus você consegue achar roupas na moda, modernas, para o dia a dia, vestidos de festas e o que mais você puder imaginar, pensando no bem estar na sua gravidez.


Muitas ainda acham um desperdício gastante dinheiro em roupas que vai usar por pouco tempo, quando na verdade apesar do período ser custo, ainda que envolva também a recuperação do pós-parto, o que nenhuma grávida pensa que vai continuar precisando e coloca na conta, o uso das roupas, até por que terá menos variedade de opções de escolha quando abrir o armário de manhã para escolher o que vestir no dia, seja para ir para o trabalho, seja para sair com o marido ou namorado, para uma festa, para malhar na academia, e por ai vai.

Com isto o uso será intenso destas poucas peças que vai comprar, o que primeiro valoriza mais a peça, pois garanto que no final da gravidez e do pós-parto, não terá no seu armário, nenhuma outra roupa que usou tantas vezes, e que nem por isto achou cara ao compra-las. Assim como este uso intenso, também obriga que a peça tenha qualidade, ou seja, que tenha usado tecidos e aviamentos de primeira, assim como uma boa mão de obra especializada, caso contrário, o barato sai caro, pois ela não aguenta muito o uso, e este ciclo de: "usa-lava-passa-nem volta para o armário-usa novamente", que se repete semanalmente (ou até mais) durante meses seguidos.

E como ela bem disse, hoje existe loja especializada em moda gestante, como a Zazou, que faz um estilo atual, seguindo as mesmas tendências da estação, com várias linhas, para lhe atender desde o social e trabalho, passando pelo básico e lazer, assim como festa, ou então fitness, homewear e até moda praia e lingerie tem especializada para gestante.

5) Sinta-se bem consigo mesma
Não preciso dizer mais nada aqui, né?


Pode parecer óbvio, mas nunca é demais repetir esta dica. Afinal os hormônios não ajudam muito com isto. Mas você é mais forte do que eles, e vai ganhar esta briga e se sentir bem e feliz. Conte com a ajuda da Zazou e da própria Carol Baldin, para ajuda-la nisto.
Número de Visualizações: 203

O Segredo do Sucesso dos Jeans para Gestante da Zazou esta na Modelagem Especializada Própria

Queria contar de que o segredo do sucesso dos jeans da Zazou, não esta apenas em um estilo moderno seguindo tendência de cores da estação com lavagens bacanas. Tão pouco apenas na maior qualidade das peças, com tecidos e aviamentos de primeira. O segredo principal esta na modelagem especializada própria!
O Segredo do Sucesso dos Jeans para Gestante da Zazou esta na Modelagem Especializada Própria
Esta modelagem é quem garante um perfeito caimento, independente do tamanho de sua barriga, pois os ajustes fazem que a mesma calça possa ser usada do início ao final da gravidez, e até mesmo depois no período de recuperação do pós-parto, sempre com muito conforto, de não ficar pequena e apertando, como as que já tinha antes da gravidez, e mais segurança, de não ficar grande e caindo, como as normais de tamanho maior que muitas grávidas ainda acham que é a solução dos seus problemas.

Apenas pela foto não dá para perceber este diferencial. Mas quando vem experimentar no provador da loja da Zazou, logo percebe no seu corpo, como isto faz toda a diferença. Por isto a dica é que venha experimentar esta tal modelagem especializada própria da Zazou. Tenho certeza que vai se surpreender e se encantar. Não vai querer outra coisa mais durante toda sua gravidez!
O Segredo do Sucesso dos Jeans para Gestante da Zazou esta na Modelagem Especializada Própria


Veja um pouco mais das variedades de modelos diferentes que temos para oferecer, como este da foto acima, que não tem malha na barriga, mas sim um cós e cintura mais baixa, com malha e ajustes nos bolsos da frente, para as grávidas que não gostam da barrigueira, apesar do conforto que esta trás, em:

http://jeans.zazou.com.br
Número de Visualizações: 140

Foto do Dia de Gravidez

Para a série de belas fotos sobre gravidez, que temos selecionado das que gostamos no Instagram, escolhemos uma que representa a amizade tão importante em nossas vidas, e também por que não durante a gravidez, em que precisa de suporte, ajuda, compania, e que muitas vezes para nossa felicidade ainda acontece de sua melhor amiga ainda estar grávida junta na mesma época.

Número de Visualizações: 133

Video = Estabilidade durante a Gravidez

A gestação é um dos momentos mais importantes na vida de uma mulher, e isto exige um cuidado maior por parte dela e por parte do estado, por isto foram criadas leis que favorecem à gestante com, além de outros benefícios, a estabilidade de emprego. Veja no video abaixo o programa "Falando Direito", quais são estes direitos e como devem ser concedidos.
Número de Visualizações: 188

Mães acima dos 35 têm menos chances de ter filhos com malformação congênita

Embora a gravidez depois dos 35 anos pareça ser no mínimo arriscada, um novo estudo garante que crianças nascidas desta forma estão menos sujeitas a riscos de malformação genética.

A pesquisa que chegou a essa conclusão foi extensa, envolveu ecografias retiradas do ventre de 76 mil futuras mães residentes no estado do Missouri, nos EUA. As voluntárias foram divididas entre as de idade superior a 35 anos e as mais jovens do que isto.

Uma malformação congênita é qualquer defeito ou conjunto de defeito na constituição de órgãos de um bebê ao nascer. Alguns, como a anencefalia, praticamente eliminam qualquer chance de sobrevivência, enquanto outros significam deficiências permanentes em várias partes do corpo.

Categorizando as malformações por órgãos específicos, os cientistas obtiveram resultados quase unânimes. Gestantes acima dos 35 anos carregavam fetos com 40% menos chance de ter malformações no cérebro, rins e intestinos. Já para o coração, houve um empate técnico entre os dois grupos.

O objetivo do estudo, segundo uma das líderes do levantamento, não é necessariamente incentivar as mulheres a adiar a gravidez, mas fazê-las se sentir mais seguras. Não se deve, segundo a pesquisadora, desprezar os riscos que uma gestação em idade avançada oferece. Mas o argumento de que a condição aumenta os riscos de deficiência nas crianças, de acordo os cientistas, não pode se sustentar.
Número de Visualizações: 314