Matérias sobre Gravidez

Lingeries para a gravidez e o pós-parto
Gravidez exige cuidados com estresse, alimentação e vacinas
Testes que indicam período fértil podem ajudar mulheres que querem engravidar
Dicas de Como Manter Seu Estilo Antenado Mesmo Durante a Gravidez
Como Escolher o Berçário
25 perguntas e respostas sobre o bebê
Lingeries para a gravidez e o pós-parto
40 Dicas Importante e Úteis para os Papais de Primeira Viagem
Sintomas do trabalho de parto
Cuidados para Evitar a Toxoplasmose na Gravidez
Dicas para Mães de Primeira Gravidez = Antes, Durante e Depois do Parto
Ganhar peso na gravidez, não significa engordar
Dicas básicas de amamentação
9 Dicas para dormir melhor durante sua gravidez
15 respostas para mulheres que tiveram parto cesariano
Cordão umbilical: vale a pena guardar?
Alimentação X Fertilidade
Endometriose
Mortalidade Materna
Riscos da Hipertensão na Gravidez X Eclâmpsia e DHEG (Doença Hipertensiva Especifica da Gravidez)
Gravidez Tardia & Técnicas de Reprodução Assistida
A Importância da Escolha do Sapato e Cuidados com os Pés Durante a Gravidez
Exame Pre-Natal diagnostica Anomalias fetais com mais de 90% de Precisão
Uso de Cosméticos em Gestantes Exige Cuidados
Academias de Ginásticas e Programas Específicos para Grávidas
Acerte na Cor da sua Roupa de Grávida para o Reveillon
Antecipando Algumas Surpresas e Contando 19 Coisas que Provavelmente Você Só Descobriria Durante a Gravidez
Atividades Fisicas para Gestantes
Tudo que você precisa saber dos 13 Principais Mitos sobre Amamentação
50 motivos para evitar uma cesárea desnecessária
Como Evitar ou Tratar das Estrias Durante a sua Gravidez
Detalhes da Evolução do Feto e da sua Gravidez Semana a Semana
Escolha do sexo do bebê
Medidas Fetais = Peso e Tamanho do Bebê na sua Barriga
Shantala
Direitos da gestante
Signos X Personalidade de seu Bebê
Tabela de Vacinação do Bebê
Dicas sobre Amamentação
Posições para Amamentar com Mais Conforto
Como Preparar os Seios Para a Amamentação
Resposta para Dúvidas Comuns sobre Amamentação
Vantagens da Amamentação
Direitos da Gestante
Respostas para 16 Perguntas e Dúvidas Comuns de Grávidas sobre os Direitos das Grávidas
Dez Direitos da Gestante promulgados pela Organização Mundial de Saúde
Dicas de uma Especialista em Medicina Esportiva e Nutrologia s/ Atividade Física na Gravidez
Exercícios Posturais para Gestantes
Exercícios, Ginástica, Natação durante a Gravidez
Exames durante a Gravidez
Gravidez Tardia
Veja se você está preparada para ser mãe mesmo depois dos 35 anos?
Gravidez Depois dos 35 Anos
Nervos À Flor da Pele
Dicas de uma Fisioterapeuta sobre Gravidez e Mudanças no Corpo da Gestante
Orações para Grávidas & Nossa Senhora do Bom Parto
Dicas de uma Nutricionista s/ Alimentação na Gravidez
Gestantes e Suplementação de Ômega 3: importante ou não?
De Olho na Balança + Calcule seu Índice de Massa Corporal (IMC)
Dicas do que fazer para melhorar e garantir o desenvolvimento do bebê em termos de sua alimentação
25 Dicas de Como não Engordar Muito Durante a Gravidez
Peixes na Gravidez
O Pomar Ideal da Gravidez
Principais nutrientes de que você e seu nenê necessitam durante a gestação
Informações Úteis sobre a Alimentação da Grávida
Alimentos priorizados durante a gestação
O Estresse Atrapalha
Infertilidade & Técnicas para Ajudar a Engravidar
10 Sinais de que Você Pode Estar Grávida
É Possível Escolher o Sexo do Bebê?
Dicas de Como Engravidar
Check List Completo de Tudo O Que Precisa Fazer para Organizar um Chá de Bebê e/ou Fraldas
15 Brincadeiras para Você Fazer no seu Chá de Bebê e/ou Fraldas
Dicas de Como Organizar um Chá de Bebe Bem Legal e Animado
Sintomas Normais da Gravidez + Dicas Úteis sobre Cada uma
11 Perguntas e Frases que Mais Vai Ouvir Durante Toda a sua Gravidez
Respostas para 45 Perguntas e Dúvidas Comuns de Grávidas sobre o Parto
5 Maneiras de Acalmar a Ansiedade da Grávida
Respostas para 15 Perguntas e Dúvidas Comuns de Grávidas sobre a Gravidez
Como Solucionar os Enjoos durante a Gravidez
Atividades Fisicas para Gestantes


Podemos definir atividade física como qualquer movimento corporal oriundo de uma contração muscular onde há gasto de energia maior do que em condições de repouso.

A atividade física quando é feita de forma continua e programada resulta no ganho de força física, redução do percentual adiposo do corpo, incremento da capacidade cardiorrespiratório, da flexibilidade entre outros fatores responsáveis pela melhoria da qualidade de vida de um indivíduo no que diz respeito a performance humana, seja ela visando rendimento (esporte profissional) ou não.

Nos anos 90, o American College of Obstetrician and Gynecologists (ACOG) reconheceu que a prática de atividade física durante o período gestacional, deveria ser desenvolvida desde que a mãe seja saudável.

BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA EM GESTANTES

1) Controle do Peso

Tanto o ganho quanto o défict de peso durante a gestação podem ser prejudiciais ao feto e a gestante.

O Excesso de peso pode expor a mãe a patologias como, diabetes, hipertensão arterial, obesidade pós-parto, macrossomia fetal, além de complicações no parto.

Já a gestante que não tenha o ganho de peso suficiente coloca o desenvolvimento do feto em risco, isso pode estar ligado também ao excesso de atividade física durante o período gestacional.

Estudos recentes não mostram um consenso em relação ao controle do peso da gestante através da prática de atividades físicas regulares.

Alguns autores sugerem que há uma diminuição da velocidade do aumento de peso com significante diminuição da gordura localizada, principalmente durante o terceiro trimestre de gestação, outros afirmam que em comparação com a mulher sedentária, a gestante ativa tem uma sensível diminuição de sintomas como câimbras, edemas, varizes e de fadiga.

Mesmo assim o American College of Obstetrician and Gynecologists (ACOG), reconhece que atividade física durante a gestação e no pós-parto interfere no controle de peso da mulher desde que o aporte nutricional seja adequado.

2) Funcionalidade do corpo

Quanto à funcionalidade do corpo da gestante, o exercício físico ajuda a combater a hiperlordose, proveniente da mudança do centro de gravidade da mulher, em função da expansão da cavidade abdominal durante as quarenta e poucas semanas em que o feto se desenvolve no útero.

O exercício físico, auxilia a mulher na adaptação da nova postura, proporcionando-lhe uma melhor qualidade de vida e a melhoria do desempenho na realização das atividades diárias.

Nas gestantes ativas, há também diminuição de edemas nas mãos e pernas além da redução das dores em membros inferiores.

No que diz respeito ao aparelho cardiorrespiratório, há um aumento natural no débito cardíaco da gestante, proporcionando assim a oxigenação e aporte nutricional necessário ao feto, potencializado durante o trabalho aeróbio de intensidade moderada.

A atividade física traz a gestante uma melhora na sua capacidade cardiorrespiratória.

3) O Parto

Já foi comum ouvir que gestação era motivo para mulher ficar na cama durante os nove meses de gestação, principalmente por causa dos efeitos malignos que a atividade física poderia ter para o feto.

Sabe-se hoje, que a prática da atividade física é benéfica ao corpo da mulher, ao desenvolvimento do feto e facilita o trabalho de parto.

Antigamente suspeitava-se que a atividade física contribuía na incidência de partos prematuros por causa das contrações uterinas durante o exercício, mas estudos recentes indicam que durante a atividade, a produção hormonal da mãe e do feto anula os possíveis efeitos negativos protegendo o feto e preparando o útero para o dia do parto.

Outros estudos mostram há uma maior incidência de cesáreas em gestantes sedentárias do que nas gestantes ativas.

Aspectos relacionados aos benefícios da atividade física sobre as demais alterações endócrinas ocorridas durante a gravidez, que se refletem nas articulações e ligamentos pélvicos promovendo maior flexibilidade.

O aumento do estrogênio contribuiu para o relaxamento muscular facilitando o parto.

A atividade física contribui para que as gestantes tolerem melhor as dores durante o trabalho de parto.

4) Desenvolvimento Fetal

Existem estudos que não encontraram diferença no desenvolvimento fetal comparando mulheres que realizam atividade física moderada ou de alta intensidade quanto ao peso do feto durante o nascimento, mas conclui que mães saudáveis proporcionam ao seu filho melhores condições de desenvolvimento durante a gestação.

Conclusão

É notório que o individuo ativo, aquele que realiza exercícios físicos regulares, são mais saudáveis do que os sedentários.
Essa conclusão também se transfere as gestantes, pois as futuras mães ativas oferecem ao feto um melhor ambiente para que se desenvolva, além de estar com o corpo melhor preparado para agüentar os desconfortos do período gestacional e para facilitar o parto, principalmente o normal.
Não há motivo para que a mulher ativa pare com as suas atividades por estar grávida, é necessário consultar o obstetra e apenas manter o nível de atividade que realiza de acordo com as alterações que seu corpo apresentará.

Mulheres que nunca praticaram ativide física, podem e devem iniciar um programa de atividade física sempre com acompanhamento médico e com um profissional de educação física especializado, pois ela requer muitos cuidados prévios e seu treinamento deve ter cargas leves sendo aumentadas gradativamente respeitando sempre as informações que o corpo da gestante nos fornecer.

Autor: Henrique Gavini

http://www.gaviniesportesaude.com.br/personaltrainer/