Matérias sobre Gravidez

Lingeries para a gravidez e o pós-parto
Gravidez exige cuidados com estresse, alimentação e vacinas
Testes que indicam período fértil podem ajudar mulheres que querem engravidar
Dicas de Como Manter Seu Estilo Antenado Mesmo Durante a Gravidez
Como Escolher o Berçário
25 perguntas e respostas sobre o bebê
Lingeries para a gravidez e o pós-parto
40 Dicas Importante e Úteis para os Papais de Primeira Viagem
Sintomas do trabalho de parto
Cuidados para Evitar a Toxoplasmose na Gravidez
Dicas para Mães de Primeira Gravidez = Antes, Durante e Depois do Parto
Ganhar peso na gravidez, não significa engordar
Dicas básicas de amamentação
9 Dicas para dormir melhor durante sua gravidez
15 respostas para mulheres que tiveram parto cesariano
Cordão umbilical: vale a pena guardar?
Alimentação X Fertilidade
Endometriose
Mortalidade Materna
Riscos da Hipertensão na Gravidez X Eclâmpsia e DHEG (Doença Hipertensiva Especifica da Gravidez)
Gravidez Tardia & Técnicas de Reprodução Assistida
A Importância da Escolha do Sapato e Cuidados com os Pés Durante a Gravidez
Exame Pre-Natal diagnostica Anomalias fetais com mais de 90% de Precisão
Uso de Cosméticos em Gestantes Exige Cuidados
Academias de Ginásticas e Programas Específicos para Grávidas
Acerte na Cor da sua Roupa de Grávida para o Reveillon
Antecipando Algumas Surpresas e Contando 19 Coisas que Provavelmente Você Só Descobriria Durante a Gravidez
Atividades Fisicas para Gestantes
Tudo que você precisa saber dos 13 Principais Mitos sobre Amamentação
50 motivos para evitar uma cesárea desnecessária
Como Evitar ou Tratar das Estrias Durante a sua Gravidez
Detalhes da Evolução do Feto e da sua Gravidez Semana a Semana
Escolha do sexo do bebê
Medidas Fetais = Peso e Tamanho do Bebê na sua Barriga
Shantala
Direitos da gestante
Signos X Personalidade de seu Bebê
Tabela de Vacinação do Bebê
Dicas sobre Amamentação
Posições para Amamentar com Mais Conforto
Como Preparar os Seios Para a Amamentação
Resposta para Dúvidas Comuns sobre Amamentação
Vantagens da Amamentação
Direitos da Gestante
Respostas para 16 Perguntas e Dúvidas Comuns de Grávidas sobre os Direitos das Grávidas
Dez Direitos da Gestante promulgados pela Organização Mundial de Saúde
Dicas de uma Especialista em Medicina Esportiva e Nutrologia s/ Atividade Física na Gravidez
Exercícios Posturais para Gestantes
Exercícios, Ginástica, Natação durante a Gravidez
Exames durante a Gravidez
Gravidez Tardia
Veja se você está preparada para ser mãe mesmo depois dos 35 anos?
Gravidez Depois dos 35 Anos
Nervos À Flor da Pele
Dicas de uma Fisioterapeuta sobre Gravidez e Mudanças no Corpo da Gestante
Orações para Grávidas & Nossa Senhora do Bom Parto
Dicas de uma Nutricionista s/ Alimentação na Gravidez
Gestantes e Suplementação de Ômega 3: importante ou não?
De Olho na Balança + Calcule seu Índice de Massa Corporal (IMC)
Dicas do que fazer para melhorar e garantir o desenvolvimento do bebê em termos de sua alimentação
25 Dicas de Como não Engordar Muito Durante a Gravidez
Peixes na Gravidez
O Pomar Ideal da Gravidez
Principais nutrientes de que você e seu nenê necessitam durante a gestação
Informações Úteis sobre a Alimentação da Grávida
Alimentos priorizados durante a gestação
O Estresse Atrapalha
Infertilidade & Técnicas para Ajudar a Engravidar
10 Sinais de que Você Pode Estar Grávida
É Possível Escolher o Sexo do Bebê?
Dicas de Como Engravidar
Check List Completo de Tudo O Que Precisa Fazer para Organizar um Chá de Bebê e/ou Fraldas
15 Brincadeiras para Você Fazer no seu Chá de Bebê e/ou Fraldas
Dicas de Como Organizar um Chá de Bebe Bem Legal e Animado
Sintomas Normais da Gravidez + Dicas Úteis sobre Cada uma
11 Perguntas e Frases que Mais Vai Ouvir Durante Toda a sua Gravidez
Respostas para 45 Perguntas e Dúvidas Comuns de Grávidas sobre o Parto
5 Maneiras de Acalmar a Ansiedade da Grávida
Respostas para 15 Perguntas e Dúvidas Comuns de Grávidas sobre a Gravidez
Como Solucionar os Enjoos durante a Gravidez
Lingeries para a gravidez e o pós-parto

Estar grávida ou amamentando não é motivo para você deixar a sensualidade de lado. Veja abaixo como é possível adaptar o seu gosto às mudanças do corpo nesses períodos.

A gravidez ou o pós-parto não são desculpas para você perder a feminilidade. Apesar de não existir muitas novidades nesse mercado específico de lingeries - apenas aqueles modelos tradicionais e de cores pastéis - a mulher pode adaptar o seu gosto pessoal às necessidades desse período.

"O conforto deve ser prioridade, mas não é preciso abrir mão do próprio estilo. As grávidas precisam se sentir muito bem em relação a sua sexualidade e não deixar o bem-estar de lado", explica Ana Paula Junqueira Santiago, obstetra do Hospital São Camilo.

"Se a gestante não se sentir confortável com a calcinha de cintura alta, ela pode usar um modelo mais baixo, tipo biquíni, sem problemas. O que deve evitar são as calcinhas de tecidos sintéticos e os sutiãs com armações, que podem machucar os seios", diz.

Como explica Adriana Policastro, coordenadora de Enfermagem do Centro Obstétrico e Maternidade do Hospital Israelita Albert Einstein, as lingeries devem ser usadas até que o corpo volte ao normal e durante a amamentação (no caso dos sutiãs). "Porém, nada impede que as lingeries de costume sejam escolhidas se forem mais confortáveis", explica.

Raquel Penariol, advogada, diz que precisou trocar apenas o sutiã, tanto na gravidez quanto no pós-parto. "Continuei com os mesmos modelos de calcinhas de antes, apenas com um número maior", afirma.

Como explica a obstetra Ana Paula, os seios são os primeiros a sofrer modificações durante a gravidez e no pós-parto. "A glândula mamária fica mais sensível e por isso precisa de mais sustentação. A mulher deve escolher os modelos com elásticos e alças mais largas e evitar os de armações, que podem machucar", diz.

Mônica Ivamoto, advogada, diz que foi difícil encontrar sutiãs diferentes dos tradicionais enquanto estava grávida, mas adaptou os modelos frente-única. "Usava esse sutiã principalmente à noite, e foi o mais legal que encontrei", diz.

Quanto ao pós-parto, o diferente foi apenas a cinta. E mesmo assim, ela encontrou um modelo mais confortável do que as tradicionais (com amarrações). "Foi difícil, mas consegui um sem costura, que na verdade poderia ser usado por qualquer mulher, e não apenas as que estavam no pós-parto", conta Mônica.

Já Camila Maris Rodrigues, publicitária, não conseguiu se adaptar ao uso da cinta. "Moro em uma cidade muito quente e, por isso, a peça me incomodava. Usei apenas nos primeiros dias após a minha filha nascer. Hoje em dia posso dizer que o corpo praticamente já voltou ao normal", diz Camila, que tem uma filha de 9 meses.

Para saber o que realmente é necessário durante a gravidez e o pós-parto, veja abaixo:

Sutiãs:

com elástico mais reforçado, alça mais larga e ajustável, de algodão (por ser mais confortável) e fecho também para ajustar. Não usar modelos muito apertados, com sustentações e barbatanas, pois podem machucar os seios, que estão mais sensíveis. No pós-parto, optar pelos específicos para amamentação, com abertura frontal.

Calcinhas:

de algodão ou de malha, tipo biquíni (mais baixos) ou na altura do umbigo. Os modelos menos cavados proporcionam maior conforto principalmente após a cesárea. Também não são indicados tecidos sintéticos, pois como a vagina está mais úmida, pode favorecer a proliferação de fungos.

Bodies:

indicados durante o pós-parto, principalmente para as mulheres que passaram por uma cesárea. Geralmente, é uma peça bem aceita, pois deixa a mulher mais confortável e elegante. Há modelos práticos, com abertura frontal nos seios, ideais para amamentação.

Cintas:

fica a critério do médico. Alguns preferem não usar, principalmente antes do funcionamento intestinal no pós-operatório. Já os que recomendam o uso afirmam que é importante para o corpo voltar ao normal. É possível encontrar modelos mais confortáveis, que não apertam tanto quanto os mais antigos.

Faixas de apoio para grávidas:

devem ser usadas apenas quando a gestante está com muitas dores na lombar ou se a barriga está muito pesada (no caso das gestações de gêmeos, principalmente), se a mulher sentir necessidade. Utilizar na parte baixa da barriga e apenas durante as atividades do dia-a-dia (não é necessária nos fins de semana ou para dormir)

Fontes: Ana Paula Junqueira Santiago, ginecologista e obstetra do Hospital São Camilo e Adriana Policastro, coordenadora de Enfermagem do Centro Obstétrico e Maternidade do Hospital Israelita Albert Einstein

Marca com linhas especiais para gestantes e mulheres no pós-parto:

Liz - Linha Maternity

www.guiadalingerieliz.com.br

Fonte: Simone Tinti - Revista Crescer.